Portal da Cidade Foz

Parceria

Projeto Reconstruindo o Futuro é desenvolvido no Colégio da Polícia Militar

Em parceria com a Justiça Federal de Foz do Iguaçu, o Colégio recebe, condenados que tem a alternativa de cumprir sua pena prestando serviços comunitários.

Publicado em 09/11/2021 às 17:01

(Foto: Divulgação/Colégio da Polícia Militar)

O 5º Colégio da Polícia Militar, em Foz do Iguaçu, tem buscado aliar educação e cidadania. Entre tantos projetos que estão sendo implementados, um deles tem se destacado. Em parceria com a Justiça Federal de Foz do Iguaçu, o Colégio recebe, desde junho de 2019 condenados que tem a alternativa de cumprir sua pena prestando serviços à comunitários dentro da escola.

Chamados de “Prestadores de Serviço”, eles desempenham em sua maioria as atividades que estão racionadas à manutenção predial como pintura, marcenaria, carpintaria, elétrica e hidráulica. Porém existem atividades administrativas como digitação e até no auxílio da elaboração e distribuição da merenda. Tudo depende da qualificação do Prestador, que é criteriosamente escolhido por conta do ambiente em que irá trabalhar, tratar-se de um colégio.

Desde 2019 já passaram pelo projeto aproximadamente 60 prestadores e hoje são aproximadamente 20 que se revezam nas atividades.

O que se percebe é uma satisfação muito grande por parte de todos os envolvidos. O Prestador, quando trabalha em um ambiente agradável e de respeito e percebe a importância do seu trabalho para o Colégio, melhorando a qualidade de vida dos alunos e professores. À direção do CPM quando consegue executar serviços que seriam impossíveis pela falta de recursos humanos e financeiros. E à Justiça, quando no cumprimento da função social, transforma o cumprimento da pena em uma oportunidade educativa para o Prestador, permitindo reconstruir seu futuro.

Recentemente a 4ª. Vara da Justiça Federal, reconhecendo a seriedade e bons resultados do Projeto, disponibilizou recursos que permitiram a aquisição de aproximadamente 70 (setenta) equipamentos, ferramentas e EPIs que vão garantir uma melhor qualidade nos serviços prestados, com maior segurança aos Prestadores.

Fonte:

Deixe seu comentário

Outras notícias