Portal da Cidade Foz

Caminhoneiros

Combustível começa a faltar em Foz do Iguaçu, mas paralisação está perto do fim

Áudio do presidente Bolsonaro circula em grupos de WhatsApp, pedindo pelo fim das paralisações dos caminhoneiros em todo o país.

Postado em 09/09/2021 às 11:16 |

(Foto: Ilustrativa/Pixabay)

As filas de motoristas procurando abastecer os próprios carros começaram ainda na noite de quarta-feira (8), nos postos de combustíveis em Foz do Iguaçu. A situação não foi diferente nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (9). O motivo é pela paralisação dos caminhoneiros, em protesto favorável ao presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com Walter Venson, presidente do Sindicato dos Proprietários dos Postos de Combustíveis do Paraná (Sindicombustíveis-PR), se a procura continuar nesse ritmo acelerado, pode faltar combustível na cidade já na sexta-feira (10).

“Como houve uma corrida dos motoristas para abastecer, os postos menores começaram a ter a falta do produto”, disse, em entrevista à Rádio Cultura. Em alguns postos menores, faltou etanol e gasolina.

O pedido do empresário foi para que as pessoas tenham bom senso, sem a necessidade de irem todos ao mesmo tempo nos postos. “Tem que ter uma consciência de que não é tão apavorante a situação. Parece que já há uma movimentação para o fim da manifestação”.

Nesta manhã de quinta-feira (9), um áudio do presidente Jair Bolsonaro tem circulado em grupos de WhatsApp, pedindo pelo fim das paralisações, as quais, segundo ele, prejudicam a economia do país. Bolsonaro prometeu buscar em Brasília soluções para a situação do aumento do preço dos combustíveis.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), havia manifestações de caminhoneiros em Céu Azul (km 635), Medianeira (km 668) e Santa Terezinha de Itaipu (km 710). Mas não havia bloqueio de trânsito para veículos pequenos.

Para quem procurar abastecer em postos de Cidade do Leste, no Paraguai, não há motivo para preocupação. O combustível que chega na segunda maior cidade paraguaia, inclusive os de bandeiras Petrobras, é transportado da capital, Assunção, sem ser afetado, portanto, pela paralisação dos caminhoneiros brasileiros.

Fonte:

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas