Portal da Cidade Foz

tragédia anunciada

Empresa foi avisada sobre risco de desabamento de clínica em construção

O alerta foi dado dois dias antes da tragédia que matou dois engenheiros em Foz do Iguaçu, no último dia 22.

Postado em 05/05/2021 às 20:30 |

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

(Foto: Portal da Cidade)

A empresa responsável pela concretagem na construção de uma clínica na Rua Javaé, atrás do Zoológico Bosque Guarani, recebeu um aviso do risco de desabamento da obra em construção, dois dias antes da laje cair e matar dois engenheiros na manhã do dia 22 de abril deste ano. No acidente, Alisson Ernane Gomes, 27 anos e Luciano Henrique Alves Kleinschmitt, 43 anos, perderam a vida.

A nota assinada pela empresa autenticada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR) fala em "manifestações patológicas em consoles da estrutura pré-moldada". Na linguagem da engenharia, trata-se de degradação, anomalia e problemas na estrutura. A nota foi enviada para a Conesul Pré-Fabricados LTDA no dia 20 de abril, dois dias antes do desabamento. O documento também exibe várias fotografias, que destacam os riscos de queda.

Leia abaixo a nota na íntegra:

A COA SERVIÇOS DE ENGENHARIA LTDA, empresa responsável pela fiscalização da obra localizada na Rua Javaé, Nº 1283, Jardim Renato Festugato, executada pela empresa LUCIANO H. ALVES KLEINSCHMITT LTDA (CONSTRUTORA KLEINSCHMITT) para a empresa PIMENTEL MORTEAN & CIA LTDA ME, vem por meio deste comunicado informara presença de manifestações patológicas identificadas nos consoles da estrutura de concreto pré-moldado, executada pela empresa CONESUL PRÉ FABRICADOS LTDA. Tendo em vista que a concretagem da capa de concreto da laje da cobertura está prevista para o dia 22 de abril de 2021 (quinta-feira), solicitamos um parecer técnico dos problemas apresentados e a liberação da concretagem. Sendo assim, segue o relatório fotográfico das manifestações patológicas identificadas.

Aguardamos o posicionamento da empresa CONESUL PRÉ FABRICADOS LTDA, sendo que a própria empresa que irá fornecer o concreto agendado. Que fique claro que o intuito do comunicado é de alertar sobre um fato/condição de provável risco, sendo que a responsabilidade por eventuais acidentes/anomalias estruturais na obra em questão é de inteira responsabilidade da fornecedora, ou
seja, da empresa CONESUL PRÉ FABRICADOS LTDA.
Cordialmente,
Eng.º Eduardo Damin
CREA-PR 126098/D
Eng.º Roque R. Rodrigues
CREA-PR 152698/D
CÖA Serviços de Engenharia LTDA
CREA-PR 71994

Para ver a nota na íntegra, clique aqui.

Caso seja confirmada a negligência da empresa, os responsáveis pela concretagem podem responder criminalmente pelo desabamento.





Fonte:

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">