Portal da Cidade Foz

Cidade

Estudo para privatização de aeroportos do Bloco Sul já está em andamento

Além de Foz do Iguaçu, o Bloco Sul inclui no Paraná o aeroporto de Curitiba, Londrina e Bacacheri.

Postado em 11/06/2019 às 10:56 |

(Foto: Divulgação / Infraero )

Oito empresas e consórcios foram selecionados para elaborar os Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental para a 6ª rodada de concessões de aeroportos do país. Ao todo, 22 aeroportos serão leiloados, entre eles os importantes terminais de Foz do Iguaçu, Curitiba, Navegantes e Joinville.

Os resultados da concorrência pública foram divulgados pelo Ministério da Infraestrutura no Diário Oficial da União. A partir de então, as empresas escolhidas terão 150 dias para apresentarem os estudos de valor mínimo da outorga, padrão de operação e das obras que deverão ser executadas pelos consórcios vencedores da licitação.

Após essa etapa, a Secretaria Nacional de Aviação Civil irá escolher as melhores propostas para cada bloco de concessão – o prazo para a seleção é de 45 dias. Depois, o Tribunal de Contas da União (TCU) irá analisar os estudos e a realização de consultas e audiência públicas para aprovar os termos de concessão.

Os leilões acontecerão em três blocos. A fim de conseguir liquidar terminais com pouco atrativo financeiro, nos leilões em bloco as concessionárias poderão levar todos os aeroportos em um só “pacote”, sendo que cada um deles terá terminais-chamariz, e outros com menor potencial.

Além de Navegantes e Joinville, o Bloco Sul também inclui Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina e Bacacheri, no Paraná, e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. Os próximos blocos a irem a leilão serão o Norte, com sete aeroportos, e o Central, com seis terminais. 


Fonte:

Deixe seu comentário