Portal da Cidade Foz

Mobilidade

Ministro de Minas e Energia participa de evento na Itaipu

Ministro vai inaugurar o Centro de Inovação em Mobilidade Elétrica Sustentável na próxima terça-feira (16).

Postado em 12/01/2018 às 16:07 | Atualizado hoje às 11:01

(Foto: Foto: Divulgação)

O ministro de Minas e Energia (MME), Fernando Coelho Filho, participa na próxima terça-feira, 16, da inauguração do Centro de Inovação em Mobilidade Elétrica Sustentável (CI-MES) da Itaipu, em Foz do Iguaçu. A agenda inclui, entre outros compromissos, uma apresentação do Projeto Green Silicon (Silício Verde), ainda em fase de estudos, para as autoridades. O projeto é uma parceria entre a Itaipu, a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

Esta será a segunda vez que o ministro Fernando Coelho Filho virá ao Paraná em pouco mais de uma semana, para eventos da Itaipu. No último dia 8, ele participou da posse do novo diretor-técnico executivo da binacional, Mauro Corbellini, no escritório da empresa, em Curitiba. Na ocasião, o ministro destacou que, desde o início do governo Temer, pela primeira vez, a diretoria e o conselho de Itaipu estão completos. Em sua fala, o ministro também enfatizou o bom momento vivido pelo setor, com a retomada de investimentos e boas perspectivas para este ano. "Agora com o time completo de Itaipu, toda a sua inteligente, com certeza, vamos conseguir transpor todos esses desafios", ressaltou.

Na comitiva do ministro também estarão o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético, Eduardo Azevedo; a chefe da Assessoria de Apoio ao Ministro, Amanda Damasceno; e os assessores especiais Guilherme Syrkis e Cesar Borges.

CI-MES

As instalações do Centro de Inovação em Mobilidade Elétrica Sustentável (CI-MES) da Itaipu Binacional ficam em frente ao Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Montagem de Veículos Elétricos (CPDM-VE), dentro da usina. A estrutura tem mais de 3 mil metros quadrados de área construída e conta com laboratórios, oficinas, ferramentaria e showroom, entre outros espaços.

Para o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Luiz Fernando Leone Vianna, “o Centro é importante porque vai ajudar o País a cortar etapas no processo de desenvolvimento de soluções de mobilidade sustentável. São projetos que serão úteis para a Itaipu e também para o Brasil.”

Segundo o chefe da Assessoria de Mobilidade Elétrica Sustentável de Itaipu, Celso Novais, o CI-MES vai complementar o trabalho desenvolvido atualmente no CPDM-VE – que continuará dando suporte às atividades do setor.

Em foco estarão pesquisa e inovação, especialmente na área de armazenamento de energia. No centro serão desenvolvidas a segunda geração da bateria de sódio com tecnologia nacional, em parceria com a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI); sistemas inteligentes de armazenamento de energia, com aplicação em áreas isoladas; e soluções para gestão de energia e mobilidade.

Enquanto o novo galpão focará a pesquisa e a inovação, o CPDM-VE concentrará a parte dos grandes equipamentos – como o laboratório de solda, as máquinas de corte de precisão e o dinamômetro de rolo, usado no projeto do ônibus híbrido a etanol, desenvolvido em parceria com a Finep.

Programa VE

O CPDM-VE e o novo CI-MES, prestes a ser inaugurado, ficam dentro da usina de Itaipu e fazem parte da estrutura do Programa Veículo Elétrico (VE). Surgido em 2006, a iniciativa liderada pela binacional aos poucos foi angariando parceiros e desenvolvendo diferentes protótipos. Atualmente, a Itaipu mantém cerca de cem veículos elétricos circulando na empresa, entre eles, carros de passeio, caminhão, ônibus, utilitário e até um avião elétrico.

O que é o Projeto Green Silicon (Silício Verde) 

A apresentação do projeto Green Silicon será feita pelos diretores de Coordenação brasileiro e paraguaio, Newton Kaminski e Pedro Domaniski. O projeto inclui a implantação do ciclo completo de industrialização desse mineral na região fronteiriça entre o Brasil e o Paraguai. A proposta será apresentada também ao vice-ministro de Minas e Energia do Paraguai, Mauricio David Bejarano Martí. Participam ainda conselheiros do Brasil e Paraguai, além de outros representantes das instituições parceiras do projeto.

Fonte: Assessoria

Deixe seu comentário

Mais de portaldacidade.com