Portal da Cidade Foz

Levantamento

Número de mortes no trânsito caem 59% em Foz do Iguaçu, diz GGIM

A cidade teve uma redução de 59% nos óbitos causados por acidentes nos últimos 10 anos.

Postado em 01/06/2020 às 17:28 |

(Foto: Divulgação/PMFI)

Os números de mortes no trânsito caíram drasticamente em Foz do Iguaçu. A cidade teve uma redução de 59% nos óbitos causados por acidentes nos últimos 10 anos. A informação foi divulgada pela Câmara Técnica de Trânsito do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) nesta segunda-feira, 01.

De acordo com o levantamento, no ano de 2011 foram registrados 88 óbitos em acidentes de trânsito. No ano passado foram constatadas 36 mortes. Desde 2017 os casos vêm caindo gradativamente.

"Essa redução significativa no número de óbitos é que motiva as equipes que atuam na Câmara Técnica para melhorar as condições do trânsito no nosso município, sendo que para o ano de 2020 está prevista uma redução de 10% com relação ao número de 2019 mostrando que, com trabalho inteligente, organizado e integrado os resultados podem ser alcançados", explica o secretário executivo do GGIM, inspetor Josnei Fagundes.

Medidas de fiscalização e campanhas educativas, como o Maio Amarelo e Semana Nacional do Trânsito, ambas desenvolvidas conjuntamente pelas forças de segurança, são apontadas como principal fator para a queda nos números, de acordo com o GGIM. Outro fator que tem contribuído para a redução de acidentes são os radares instalados em diversas ruas e avenidas da cidade.

Desde 2014, Foz do Iguaçu desenvolve o Maio Amarelo, ação de abordagem, panfletagem e bloqueios para conscientização dos motoristas. Neste ano, o trabalho nas ruas e avenidas foi cancelado em função da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). As atividades foram desenvolvidas com a veiculação de informações nos meios de imprensa e redes sociais.

Outra ação que contribuiu para a redução de vítimas fatais é a Semana Nacional do Trânsito, realizada anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro. São abordadas situações envolvendo a direção e o uso do celular, uso do cinto de segurança e outros itens de segurança, velocidade, o consumo de álcool e direção, entre outros fatores que provocam acidentes. As atividades contam com apoio do Conselho Nacional do Trânsito juntamente com o Conselho Estadual de Trânsito.

PVT

Além das duas ações de conscientização (Maio Amarelo e Semana Nacional de Trânsito), Foz do Iguaçu é uma das 40 cidades brasileiras que desenvolvem o Programa Vida no Trânsito (PVT). A iniciativa é gerida pela Secretaria Municipal de Saúde, Instituto de Transporte e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) e pela Guarda Municipal.

O Programa tem como principal característica o trabalho conjunto entre os setores ligados direta ou indiretamente a segurança no trânsito. Desta maneira é promovido o fortalecimento de políticas de prevenção de lesões e mortes no trânsito na cidade.

"Em função do grande número de vítimas de acidentes de trânsito que superlotam os leitos hospitalares, geram custos elevados para o sistema previdenciário, causando desestruturação e empobrecimento familiar, entre outros problemas, várias ações vêm sendo executadas nos últimos anos com o intuito de reduzir o número de vítimas de acidentes de trânsito no Município de Foz do Iguaçu", comentou o secretário de segurança, Reginaldo da Silva.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas