Portal da Cidade Foz

recuperação

Prefeitura de Foz abre licitação para reformar cinco pontes

Empresas interessadas em executar os serviços devem apresentar as propostas no dia 9 de março.

Postado em 24/02/2018 às 08:18 |

(Foto: Divulgação/PMFI)

A Prefeitura de Foz do Iguaçu abriu licitação, na modalidade Tomada de Preços, para contratação de empresa que ficará responsável pela reforma de cinco pontes em diferentes regiões da cidade, nas ruas: Assunção (Jardim Liberdade), Itaboraí (Jd. Cataratas), Avenida Javier Koelbel (Jardim Eliza II), Mané Garrincha (Parque Morumbi) e Manêncio Martins com Rua das Margaridas (Jardim Nossa Senhora da Luz). 

O recebimento das propostas e a abertura dos envelopes será no dia 9 de março, às 9 horas, na Diretoria de Compras e Suprimentos, na sede da Prefeitura (Praça Getúlio Vargas, 280 centro). O edital poderá ser requisitado através do e-mail crispina.cfn@pmfi.pr.gov.br, mediante o fornecimento de Razão Social, CNPJ, nome e telefone para contato da empresa interessada. 

O laudo técnico das pontes foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Planejamento, que apontou os problemas e as soluções para cada caso. Os projetos de melhorias são distintos, mas incluem, por exemplo, a escavação das valas e regularização do solo, reaterro com pedra,  concretagem e compactuação das valas, pavimentação, colocação de cortinas de concreto, passarelas e grades de proteção. 

Na Avenida Javier Koelbel, as fortes chuvas causaram muitos danos à infraestrutura da ponte, trazendo riscos as vidas dos moradores. De acordo com o engenheiro da Secretaria de Planejamento, Paulo de Faveri, devido aos problemas constatados no local, com risco iminente de desabamento, será necessária a intervenção para a reforma.

Nesta ponte ocorreu uma erosão da borda interna e será necessário o reforço da estrutura com concreto armado sob o apoio que está desgastado e sendo levado pelas águas. “Esta ponte é uma das prioridades e os trabalhos podem começar por ela”, garantiu o engenheiro.

Na Rua Itaboraí, as chuvas acarretaram o desmoronamento de terra, quase comprometendo a pista de rolamento. Nesta ponte será retirada toda a camada de terra que está solta na encosta do barranco e colocado um tubo de concreto. A tubulação será reinstalada, e uma nova passarela com grade de proteção será instalada. 

O prazo médio de execução é de dois meses para cada ponte, podendo ser reduzido conforme a mão de obra. “Cada serviço pode ser feito entre 30 e 60 dias, mas a empresa que vencer a licitação poderá manter equipes trabalhando em duas ou mais pontes simultaneamente”, explicou o engenheiro. 

O valor estimado pela Secretaria de Planejamento para a recuperação das 5 pontes é de R$ 371 mil. O aviso de licitação foi publicado no Diário Oficial de quinta-feira, 21 de fevereiro. 

Fonte:

Deixe seu comentário