Portal da Cidade Foz

Sugestões

Prefeitura de Foz do Iguaçu inicia consulta pública sobre o transporte coletivo

Moradores poderão pontuar os problemas e sugerir melhorias através de uma plataforma digital.

Postado em 20/10/2021 às 18:44

(Foto: RPC/Reprodução)

(Foto: Divulgação )

A Prefeitura Municipal e o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) deram início a uma grande consulta pública sobre o transporte coletivo urbano. 

A pesquisa será dividida em quatro etapas e ouvirá usuários dentro das linhas, no Terminal de Transporte Urbano (TTU), nos pontos de ônibus e também aquelas pessoas que não utilizam o transporte coletivo ou deixaram de utilizar. A primeira etapa já está disponível on-line pelo link clicando aqui.

“A proposta é ouvir a população, que poderá avaliar o atual sistema de transporte, pontuar as dificuldades e sugerir melhorias. O intuito é construir um novo modelo de transporte que atenda as necessidades dos usuários”, explicou o secretário da Transparência e Governança e mediador do grupo de trabalho do transporte coletivo, José Elias Castro Gomes. 

A primeira fase é uma grande enquete on-line, com a disponibilização de um QR Code e links de acesso nas plataformas digitais da Prefeitura. Cada morador poderá preencher o questionário apenas uma vez e avaliar as condições dos veículos, do TTU, dos pontos de ônibus, o respeito e a cordialidade dos motoristas e cobradores, a limpeza e a segurança dentro dos ônibus. Também será possível selecionar itens importantes para maior conforto e comodidade dos usuários e apontar os principais meios de transporte utilizados, como carro, mototaxi, transporte por aplicativo, bicicleta ou outro. 

A segunda fase compreenderá as etapas em campo, quando os pesquisadores ouvirão os moradores em suas casas e os usuários do transporte coletivo. Serão feitas duas pesquisas quantitativas, com usuários e não usuários. 

A ideia é saber quantas pessoas utilizam o transporte coletivo diariamente, quantas deixaram de utilizar e por que, quais os reais problemas enfrentados diariamente, e o que faz o cidadão não utilizar o transporte público. No questionário, o morador poderá ainda descrever como se sente em relação ao transporte, quanto tempo por dia utiliza os ônibus, se está ou não satisfeito com a freqüência, sobre o pagamento da tarifa com dinheiro e as medidas sanitárias de prevenção a Covid-19.

“Queremos saber do usuário qual é a maior dificuldade dele com o uso do transporte, se são as linhas, a demora, a qualidade do veículo. Também queremos entender porque algumas pessoas não utilizam mais, o que falta ser feito e qual é a imagem pré-concebida do transporte”, detalhou Licério Santos, diretor superintendente do Foztrans.

Por fim, uma entrevista em profundidade, no modelo qualitativo, será feita com não usuários do transporte. Nesta pesquisa, também poderão ser levantadas informações sobre quanto o morador gasta por dia para se locomover com outros meios, como carro, mototaxi ou transporte por aplicativo. 

Para o presidente da Câmara de Vereadores, Ney Patrício, a pesquisa dará subsídios ao município para uma mudança significativa no sistema de transporte público. “O transporte coletivo de Foz do Iguaçu precisa mudar. Isso é fato. A Câmara Municipal mantém-se atenta à questão, com a atuação da Comissão Especial formada pelos vereadores Anice Gazzaoui, Edvaldo Alcantara e Jairo Cardoso. Deste trabalho surgiram propostas para melhorar o serviço, como a do quilômetro rodado para um novo modelo de contrato. Portanto, não tenho dúvida de que a pesquisa virá validar a necessidade urgente de melhoria para os usuários do transporte e também melhores condições para os trabalhadores", afirmou. 

A pesquisa tem o apoio da Câmara de Vereadores, do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte e do SITROFI (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Foz do Iguaçu).

Fonte:

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas