Portal da Cidade Foz

economia

Foz do Iguaçu recebe maior evento de escoteiros do Brasil e movimenta economia

De acordo com organização, encontro com 8 mil participantes deve movimentar aproximadamente R$ 10 milhões na região.

Postado em 07/01/2020 às 11:54

(Foto: Alexandre Araujo/Divulgação)

Foz do Iguaçu está sediando o JamCam (16º Jamboree Scout Interamericano e 3º Camporee Scout Interamericano), o maior evento escoteiro já realizado no Brasil. O encontro que teve início no sábado (4) reúne aproximadamente 8 mil pessoas, de 21 países, acampadas durante sete dias numa área de 320 mil metros quadrados, nas proximidades do Centro de Convenções. Essa é a segunda vez que o município recebe o evento, a edição anterior ocorreu em 2001.

Durante a solenidade de abertura do evento na noite de domingo (5), o chefe de gabinete Kalito Stoeckl, que é escoteiro há mais de 30 anos, representou o prefeito Chico Brasileiro e deu boas vindas aos participantes. “É um privilégio termos um evento desse porte no quintal de nossa casa, é emocionante ver no rosto dos jovens a alegria e o prazer da vida ao ar livre”, disse.

 O representante do município também agradeceu à Região Interamericana e à UEB-União dos Escoteiros do Brasil, por terem escolhido a cidade de Foz do Iguaçu e pela confiança depositada na administração pública municipal, que não mediu esforços em auxiliar a organização para viabilizar o evento.

De acordo com Rafael Macedo, Diretor-presidente dos Escoteiros do Brasil, a cidade de Foz do Iguaçu foi eleita por estar localizada na tríplice fronteira, além de oferecer excelentes atrativos de natureza e aventura para os visitantes: “Proporcionar aos jovens e adultos escoteiros a possibilidade de conhecer uma das sete maravilhas naturais do mundo é uma grande alegria. Os Escoteiros do Brasil estão trabalhando há cerca de dois anos para fazer um acampamento inesquecível para os participantes”, disse Macedo.

A organização do evento estima que o JamCam movimentará aproximadamente R$ 10 milhões na economia local, além de causar um efeito cascata nos serviços de turismo nos dias pré e pós evento, como hotéis, pousadas e atrativos.

Além dos brasileiros, participam evento representantes dos seguintes países: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Estados Unidos da América, Guatemala, Honduras, México, Mongólia, Nicarágua, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Sudão do Sul, Suíça e Uruguai.

Fonte:

Deixe seu comentário