Portal da Cidade Foz

Foz do Iguaçu será a casa do Coxa na pré-temporada

Assim como em 2016 e em outros anos, clube fará toda a preparação no oeste do Estado.

Postado em 21/12/2016 às 15:32 |

Foto: Divulgaçao

Foz do Iguaçu foi mais uma vez o local escolhido pelo Coritiba para a realização da pré-temporada. A partir do dia 7 de janeiro, três dias depois da apresentação do elenco coxa-branca, serão duas semanas de treinamentos físicos, técnicos e táticos visando os desafios do Verdão em 2017. O clube utilizará, a exemplo do que aconteceu nos últimos anos, a estrutura do Hotel Bourbon e fará no local toda a sua preparação para as disputas do Campeonato Paranaense, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

A pré-temporada realizada nesta temporada rendeu muitos elogios do atacante Kléber, principal jogador do Coxa e que conseguiu passar o ano praticamente sem lesões musculares. O Gladiador, inclusive, sempre quando questionado sobre seu grande momento em 2016, quando foi um dos artilheiros do Brasil, creditou à boa preparação do elenco em Foz do Iguaçu, em janeiro.

O vice-presidente do Coritiba, Alceni Guerra, ressaltou a importância de realizar uma boa pré-temporada para o desempenho do clube dentro de campo durante todo o ano. O dirigente lembrou que, neste ano, o número de lesões musculares, com relação à temporada de 2015, caiu em 40%.

“Já se aprendeu no Brasil que uma pré-temporada bem feita é vital para se diminuir o número de lesões durante o ano. Tivemos 40% de contusões musculares a menos do que em 2015. A pré-temporada realmente é muito importante e a gente está sendo exigente com isso”, cravou Guerra, que afirmou que um dos motivos da saída do Verdão da Primeira Liga é que atrapalharia o cronograma da pré-temporada.

“A nossa saída da Primeira Liga, inclusive, foi porque teríamos dois jogos durante a pré-temporada. O clube achou que não é possível abrir mão da pré-temporada, o que garante o resto do ano. O isolamento em Foz do Iguaçu é importante para que o atleta possa ter concentração total na pré-temporada, no aspecto neuromuscular. Achamos que um período de concentração, longe de tudo, é importante para que possamos ter uma boa estrutura física para o resto do ano”, acrescentou.

O Coritiba, de fato, teve poucos jogadores com lesões musculares mais graves. Os piores casos foram de fraturas, como por exemplo dos atacantes Kléber e Neto Berola, além do volante Alan Santos. “Provamos a eficiência da pré-temporada realizada. Tivemos 40% a menos de lesões musculares, mas teve falta de sorte com as fraturas. Foram muitas fraturas que não aconteceram em anos anteriores. Se não fosse isso, teríamos terminado o ano com o plantel em ótima forma”, enfatizou o dirigente.

Estrutura

O Coxa terá mais uma vez à sua disposição a estrutura do Hotel Bourbon que, além da hospedagem e alimentação dos jogadores e comissão técnica, disponibilizará local para treinamentos físicos e com bola. “É muito importante essa parceria firmada mais uma vez com o Hotel Bourbon. Trata-se de uma estrutura excepcional e que é dirigido por um coxa-branca notável, o Alceu Vezozzo”, concluiu Alceni Guerra.

Além dos trabalhos físicos e com bola, o departamento de futebol e a comissão técnica do Coritiba devem programar a realização de pelo menos dois amistosos ou jogos-treinos. O clube ainda não definiu toda a programação e isso deve acontecer nos próximos dias. A apresentação do elenco, em Curitiba, acontece no dia 4 de janeiro e, no dia 7, a delegação segue viagem para Foz do Iguaçu. A estreia do Verdão no Campeonato Paranaense está marcada para o dia 29 de janeiro contra o Cianorte, fora de casa.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas