Portal da Cidade Foz

reconhecimento

Jornalista Doniseti Melo recebe o título de cidadão honorário de Foz do Iguaçu

Reconhecimento se dá pelo trabalho como comunicador na área do esporte na tríplice fronteira.

Postado em 12/05/2018 às 02:38 |

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O comunicador esportivo, que atua há 35 anos na área e foi por mais de 14 anos responsável pelo caderno esportivo do Jornal A Gazeta, Doniseti Melo, recebeu Título de Cidadão Honorário de Foz. A proposição do Vereador Anderson Andrade (PSC), em atendimento ao Decreto Legislativo n°04/2018. 

A solenidade foi conduzida pelo Presidente do Legislativo, Vereador Rogério Quadros. Participaram da cerimônia os Vereadores: Jeferson Brayner; Elizeu Liberato; João Sabino; Tenente-coronel Jahnke; e Vereadora Nanci Rafagnin Andreola. Além disso, alguns representantes da imprensa, do Futebol e Futsal Iguaçuense, Acorrefoz e Federação dos Profissionais de Educação Física – FIEP.

“Falo aqui emocionado com esse momento. A história do esporte de Foz do Iguaçu, passa por você, Doniseti. Eu tive a oportunidade de ouvir tuas narrações maravilhosas. Cada representante aqui, que é atleta, tem um recorte com uma matéria de jornal tua. Temos muito que agradecer a você. Não posso deixar de citar aqui o seu chavão: Você é a alegria do povo e a apoteose da galera”, enfatizou o Vereador Anderson Andrade, proponente da honraria. 

O Vereador Marcio Rosa, que também compactou da iniciativa de conceder o Título a Doniseti, usou da tribuna da Casa para expressar seu sentimento com relação à concessão da homenagem. “Hoje Foz te reconhece e te acolhe. Esse é um título de reconhecimento e merecimento aos trabalhos a quem deu vida e voz às pessoas”. 

Após receber o pergaminho das mãos do Presidente Rogério Quadros e Anderson Andrade, Doniseti declarou “tenho muita paixão pelo o que faço e sempre fiz. Nesses quase 40 anos de profissão eu conheci vários amigos. O que a gente leva da vida é a vida que a gente leva. Agradeço a todos”. 

História 

Doniseti Jacinto de Melo nasceu em Bela Vista do Paraíso, no norte do Paraná. Antes de ingressar definitivamente ao mundo da comunicação, formou-se pela Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão. Em 1978 tornou-se o primeiro diretor da Escola Consolidada João Bertoli, em Ubiratã (PR) e mais tarde, em 1981, na cidade de Tangará da Serra (MT), foi professor das disciplinas de história, geografia, religião e matemática para turmas de 5ª série até o último ano do ensino médio. 


Retornou a Ubiratã (PR) em 1982 e novamente assumiu a direção da Escola João Bertoli. Nesse mesmo ano, Doniseti iniciou sua carreira na rádio. Foi aprovado em um concurso para trabalhar na Rádio Difusora (AM 1450). De repórter assumiu a função de narrador, na qual atuou até 1987, quando aceitou o convite para trabalhar na Rádio Colmeia em Campo Mourão. 


Foi ainda narrador esportivo nas seguintes emissoras: Humaitá (Campo Mourão) Cultura de Paranavaí, Tabajara de Londrina, Central de Cianorte, Ingamar de Maringá, Clube de Ubiratã e Capital de Cascavel, além de ser convidado a atuar na Rádio Independência de Belo Horizonte (MG). 

A relação do comunicador com Foz do Iguaçu começou em 1992 quando passou pela Rádio Cultura. Na tradicional emissora iguaçuense trabalhou até 1993. Retornou em 1998 e ficou até 2002. Ainda na fronteira, permanece desde 2008 na rádio 97,7 FM. Há 14 anos Doniseti Melo é o responsável pela editoria esportiva do jornal Gazeta Diário – antigo Gazeta do Iguaçu. No jornalismo impresso, também trabalhou nos jornais Correio de Notícias, O Estado do Paraná, Gazeta do Paraná, O Vale do Piquiri, Gazeta do Piquiri, Nosso Tempo, Jornal de Foz. Atualmente Doniseti está afastado das funções jornalísticas por problemas de saúde.


Fonte:

Deixe seu comentário