Portal da Cidade Foz

fiscalização

Drogas e eletrônicos em fundo falso são apreendidos na Ponte da Amizade

As apreensões foram realizadas durante o último final de semana na aduana entre Brasil e Paraguai.

Postado em 14/05/2018 às 18:15 | Atualizado em 15/05/2018 às 00:17

(Foto: Divulgação/Receita Federal)

No último final de semana, na Aduana da Ponte Internacional da Amizade, no âmbito da Operação Fronteira Integrada, ação conjunta entre servidores da Receita Federal, policiais do BPFron e da Força Nacional resultou na apreensão drogas e eletrônicos em fundo falso.

A primeira abordagem ocorreu no sábado (12), por volta das 10h e foi realizada a uma moto táxi paraguaia. O seu condutor era um homem de 40 anos que apresentou sinais de nervosismo ao ser abordado pela fiscalização. Diante disso, ele passou por uma revista minuciosa que revelou alguns pacotes de substância análoga a haxixe ocultos em seu corpo. A partir disto, com o auxílio de cão de faro, iniciou-se uma inspeção na motocicleta, onde foram constatados, ocultos no estofamento do banco da moto, outros diversos pacotes da mesma substância.

A droga totalizou aproximadamente 3 kg, contudo não foram fornecidas informações sobre o destino que seria dado a elas. O condutor, a motocicleta e os entorpecentes foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal para os procedimentos legais cabíveis.

Já na manhã desta segunda-feira (14), por volta das 7h, foi abordado um veículo com placas paraguaias ocupado somente pelo condutor, um homem de nacionalidade paraguaia. De início, o homem demonstrou muito nervosismo ao ser questionado para onde iria. Iniciou-se então uma inspeção minuciosa no interior e no motor do veículo. Num primeiro momento, notou-se que as mangueiras do tanque de gasolina estavam desconectadas. Diante disso, a fiscalização voltou para o interior do veículo, onde foi encontrado, por um acesso abaixo dos bancos traseiros, um fundo falso. Nele havia diversos tipos de eletrônicos, que totalizaram R$ 3 mil. O condutor não quis informar qual o destino das mercadorias.

O veículo e os itens foram apreendidos. O condutor foi liberado, porém será enviado ao Ministério Público representação fiscal para fins penais para apuração dos ilícitos.

Fonte: Assessoria

Deixe seu comentário