Portal da Cidade Foz

Novos Fatos

Secretário de Segurança de Foz do Iguaçu conta detalhes do assassinato de GM

O crime ocorreu no início da tarde de quinta-feira (18), em uma autochapeação em Santa Terezinha de Itaipu.

Postado em 19/11/2021 às 14:11 |

Imagem Ilustrativa. (Foto: Arquivo/GM)

A Polícia Civil segue a procura do homem que atirou e matou o guarda municipal Nilton Cesar Gomes, de 50 anos e na corporação desde 1998. O crime ocorreu no início da tarde de quinta-feira (18), em uma autochapeação de Santa Terezinha de Itaipu.

Na manhã desta sexta-feira (19), o secretário de Segurança Pública de Foz do Iguaçu, Reginaldo da Silva, concedeu entrevista coletiva, dando mais informações sobre o caso.

O GM estava na cidade vizinha a Foz para visitar o sobrinho, chamado Diego. Horas antes do encontro entre tio e sobrinho, Diego esteve na oficina, e alertou os proprietários de que um carro modelo Corsa, cor branca e placas de Toledo que estava no local, poderia pertencer a possíveis assaltantes de contrabandistas na região, especialmente nas rodovias e estradas paralelas. 

Momentos depois, o GM encontrou o sobrinho para almoçarem juntos. Eles estavam dentro de um Toyota Corolla, conduzido por Nilton Gomes, quando foram fechados por um Gol branco, de onde saiu o suspeito, perguntando a Diego o motivo de ele ter falado que o Corsa na oficina pertencia a assaltantes. Nilton imediatamente saiu do veículo com sua arma em punho e pediu para o suspeito sair do local. Ele saiu, dizendo a Diego para se encontrarem na oficina, terminar a conversa.

Tanto o tio e sobrinho voltaram para a oficina, tirar satisfações sobre quem teria falado ao proprietário do Corsa o que se imaginou ser uma conversa particular. Ao retornarem na oficina, foram surpreendidos pelo suspeito. Ele disparou vários tiros, dois deles acertaram Nilton, que tentou revidar, mas caiu ferido no chão. Diego correu para se esconder, percebeu que estava baleado na perna. Ao ouvir o fim dos disparos, pegou a arma do tio, momento em que Diego fugiu, sem ser localizado. 

O guarda municipal faleceu no local, e Diego já está fora de perigo, após ser hospitalizado. As buscas ao atirador seguem em diferentes bairros de STI, mas a polícia cogita a hipótese de ele já ter deixado a cidade.

Fonte:

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas