Portal da Cidade Foz

política

Justiça Federal suspende medida de afastamento do ex-vereador Edílio Dall'Agnol

Decisão é semelhante à concedida pelo STJ aos vereadores de Foz do Iguaçu Anice Gazzaoui e Marino Garcia, réus na Operação Nipoti.

Postado em 12/07/2019 às 15:00 |

(Foto: Arquivo / CMFI)

A Justiça Federal suspendeu neste quinta-feira (11) a medida cautelar de afastamento do cargo contra o vereador cassado Edílio Dall’Agnol.

O ex-parlamentar é réu na Operação Nipoti, um braço da Operação Pecúlio, que investiga um esquema de pagamento de “mensalinho” a vereadores em troca de apoio político ao ex-prefeito Reni Pereira.

A juíza da 3ª Vara Federal de Foz do Iguaçu, Flávia Hora Oliveira de Mendonça, se baseou na decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que beneficiou a ex-vereadora Anice Gazzaouiu (Podemos) e o vereador reempossado Marino Garcia (sem partido), também presos na operação.

Edílio Dall'Agnol aguarda a decisão do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) sobre o pedido de anulação da sessão que levou à cassação do mandato dele e de outros quatro vereadores – entre eles Anice Gazzaoui -, em julho de 2017.

Por conta das decisões favoráveis, também entraram com pedido de extensão da liminar os ex-vereadores Rudinei de Moura, Darci Siqueira e Luiz Queiroga.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas