Portal da Cidade Foz

política

Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, é o novo conselheiro da Itaipu

A nomeação foi publicada em edição extra no Diário Oficial da União desta sexta-feira (15).

Postado em 15/05/2020 às 22:59 |

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, é o novo integrante do Conselho de Administração da Itaipu Binacional, margem brasileira. Ele substitui o ex-diretor-geral brasileiro Luiz Fernando Leonne Vianna.

A nomeação, assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (15). Albuquerque vai exercer a função no novo mandato do Conselho de Administração, que vai de 17 de maio de 2020 a 16 de maio de 2024.

Os demais integrantes do Conselho da margem brasileira foram reconduzidos ao cargo pelo presidente Jair Bolsonaro, também nesta sexta-feira. São eles: Pedro Miguel da Costa e Silva, Célio Faria Júnior, José Carlos Aleluia Costa, Wilson Pinto Ferreira Júnior (presidente da Eletrobras) e Carlos Eduardo Xavier Marun. Todos exercerão mandato até 16 de maio de 2024.

O Conselho de Administração da Itaipu Binacional é composto de 14 integrantes, sendo sete de cada país (seis conselheiros e um representante do Ministério de Relações Exteriores). O atual representante do Ministério das Relações Exteriores do Brasil é Otávio Brandelli.

Quem é

Bento Albuquerque é natural do Rio de Janeiro e assumiu o Ministério de Minas e Energia no dia 1º de janeiro de 2019, mesmo dia da posse do presidente Jair Bolsonaro.

Na Marinha desde 1973, o novo conselheiro de Itaipu tem MBA em Gestão Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), fez curso de Comando e Estado Maior e Curso de Altos Estudos de Política Estratégia da Escola Superior de Guerra – entre outros.

Antes de assumir o ministério, foi chefe da Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação da Marinha e diretor-geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas