Portal da Cidade Foz

Política

Vermelho defende macroprojetos de desenvolvimento para Foz do Iguaçu

Em diálogo com vereadores, deputado federal eleito abordou projetos para geração de emprego, duplicação da BR-469 e fortalecimento do Turismo.

Postado em 24/10/2018 às 20:08 |

(Foto: Divulgação/CMFI)

O Legislativo de Foz do Iguaçu recebeu nesta quarta-feira, 24 de outubro, o deputado federal eleito, Nelsi Coguetto Maria, o Vermelho. O intuito das reuniões com os parlamentares da cidade eleitos para assumir cadeiras em âmbito federal e estadual é aproximar a Câmara de Vereadores dos representantes do município, no sentido de fortalecer apoios para o crescimento e desenvolvimento do Município.

Participaram do encontro os vereadores Anderson Andrade, Rogério Quadros, Celino Fertrin, João Miranda, Tenente-coronel Jahnke, Adenildo Kako, Beni Rodrigues, Elizeu Liberato e João Sabino. Na oportunidade, eles expuseram o anseio de que algumas demandas reprimidas de Foz do Iguaçu, como obras estruturantes relevantes para a cidade aconteçam.

“Essa foi uma eleição atípica, com uma taxa de abstenção muito alta também, muito difícil. Mas, agora, a partir de 2019 queremos a união da cidade. Precisamos de muita coisa para Foz do Iguaçu. Algumas conquistas que são necessárias e vamos lutar para que aconteçam é a duplicação da BR 469, que dá acesso às Cataratas; a busca por geração de emprego também é outra bandeira importante; bem como o fortalecimento do Turismo, incluindo a ampliação do aeroporto”, destacou Vermelho.

Além disso, o Parlamentar eleito disse que o gabinete dele em Brasília estará em total disposição dos vereadores, prefeito e demais pessoas da cidade que queiram discutir propostas e se unir para o desenvolvimento do município.

Pautas Nacionais

Com relação a alguns temas que estão sendo discutidos e, provavelmente, devem entrar em pauta no Congresso Nacional em 2019, o deputado federal eleito se posicionou. “Nós entendemos que precisamos fazer algumas reformas necessárias no início do ano que vem. A primeira dela é a Reforma Previdenciária, em seguida a Tributária e, posteriormente, a Reforma Eleitoral. Nós precisamos aprovar o voto distrital e quem for eleito por município ou região deverá defender as necessidades daquele lugar”, afirmou Vermelho.

Fonte:

Deixe seu comentário