Portal da Cidade Foz

Compras em CDE

Mais um comerciante do Paraguai é denunciado por enganar turista brasileiro

Na segunda-feira (23), por volta das 10h50, o turista brasileiro Wilson Roberto Alves (71) denunciou a compra de um Apple iPad superfaturado.

Postado em 24/11/2020 às 16:52

(Foto: Divulgação )

Os proprietários de estabelecimentos comerciais no centro de Ciudad del Este não têm escolha a não ser começar a atuar dentro do marco legal, caso contrário, acabarão sendo processados. O promotor Edgar Torales é implacável diante das repetidas denúncias de fraude contra turistas brasileiros e intervém em todos os casos.

Na segunda-feira (23), por volta das 10h50, o turista brasileiro Wilson Roberto Alves (71) denunciou a compra de um Apple iPad superfaturado. Foi no lugar chamado Florida Shop, no shopping Bonita Kim, que lhe deram apenas uma nota de pedido em vez de um tíquete legal.

O estrangeiro saiu dali e voltou para o Brasil, onde percebeu que foi cobrado caro. Sentindo-se enganado, voltou e denunciou o ocorrido aos agentes do Departamento de Segurança Turística da Polícia Nacional do Paraguai. Os uniformizados dirigiram-se ao estabelecimento comercial e denunciaram o fato ao procurador Edgar Modesto Torales e, graças à rápida ação de promotor-polícia, o proprietário do imóvel, Mouinada Abou Hammbon, devolveu 1.000 reais ao comprador.

Outro caso

No domingo (22), um comerciante identificado como Reinaldo Duré Rojas (29), dono do local denominado Mundo 4K, localizado no shopping Alfonso, vendeu ao turista Greicy Kelly Arndt Schmietke (34), receptor de TV de uma marca, quando ela havia pedido outro produto. O comerciante da fraude cobrou 1.056 reais por um aparelho que custava apenas 200 reais.

A mulher relatou o incidente à polícia e o promotor Édgar Modesto Torales interveio rapidamente. O comerciante chegou a um acordo com o cliente e entregou ao reclamante um produto de melhor qualidade, ficando ambas as partes satisfeitas

Fonte:

Deixe seu comentário