Portal da Cidade Foz

fronteira

Presidente do Paraguai decide manter quarentena total até 12 de abril

Proposta estudada até então era relaxar algumas das proibições ao comércio a partir de segunda-feira (30).

Postado em 28/03/2020 às 14:01 |

(Foto: Portal da Cidade/Reprodução)

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, decidiu estender o período de quarentena total contra o novo coronavírus no país, com isolamento domiciliar, até o dia 12 de abril, Domingo de Páscoa. A decisão foi oficializada na manhã deste sábado (28), após reunião com a equipe técnica do governo. 

Inicialmente, o isolamento total estaria em vigor somente até este fim de semana. A proposta analisada pelo governo era permitir que algumas das atividades comerciais não-essenciais fossem retomadas a partir de segunda-feira (30).

"Depois de escutar os argumentos de todos os setores, decidi manter o isolamento total até 12/04. Peço um esforço a mais de todos! Continuemos solidários com nosso sistema de saúde", conclamou o presidente paraguaio.


Em relação às medidas em vigor até o momento, apenas duas exceções foram permitidas: para funcionários administrativos das empresas privadas que precisam trabalhar para fechar o balanço do mês e providenciar o pagamento dos salários dos empregados; e para funcionários do Ministério da Educação, convocados para a distribuição de cestas básicas para as famílias de alunos da rede pública. Quem for flagrado nas ruas, sem justificativa plausível, pode ser multado ou preso.

O Paraguai tem, até a manhã deste sábado, 56 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, com três mortes. A região de Ciudad del Este tem apenas um caso confirmado, o de um homem de 52 anos, que teve contato com um viajante brasileiro que deu positivo.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas