Portal da Cidade Foz

Dia Histórico

Primeiros veículos atravessam a Ponte da Amizade após quase 7 meses fechada

A fronteira com o Paraguai reabriu nesta quinta-feira (15), às 5h e o acesso estará liberado por 15 dias somente para automóveis das 5h às 14h.

Postado em 15/10/2020 às 07:07

(Foto: Divulgação )

A Ponte Internacional da Amizade, que liga Ciudad del Este no Paraguai a Foz do Iguaçu, foi reaberta nesta quinta-feira (15) às 5h e os primeiros veículos começaram a entrar após 6 meses e 27 dias. Pelos primeiros 15 dias, somente veículos estarão autorizados a entrar. Após o período será liberada a entrada de pedestres.

O diretor de Vigilância Sanitária, Guillermo Sequera, estava otimista de que nenhum aumento de casos seria registrado durante os 15 dias de avaliação, portanto não haveria grandes transtornos para avançar para a próxima etapa dessa abertura gradativa da passagem de fronteira. “Fazendo uma previsão acreditamos que o impacto não será diferente, não registraremos aumento no caso, é muito provável que passemos para outra fase, a previsão é positiva", disse.

“O movimento transfronteiriço não gera um risco maior, nenhum paraguaio ou brasileiro que atravessa lá carrega mais vírus ou o que vem para cá traz mais vírus, o vírus é praticamente igual. Você não vai ver muito movimento, há muito medo do outro lado, provavelmente vai haver mais movimento de trabalhadores, o turismo de compras não será massivo ”, afirmou Guillermo Sequera.

O protocolo para a reabertura gradual do trecho internacional estabelece que as pessoas que não residam em Foz do Iguaçu e Ciudad del Este devem realizar os trâmites de imigração. Além disso, eles devem ter um resultado laboratorial de PCR, realizado no máximo 72 horas antes da internação. Da mesma forma, os estrangeiros que não residam nas cidades “gêmeas” devem apresentar convênio médico internacional que cubra internação hospitalar por Covid-19. Os controles são realizados aleatoriamente.

Durante essas duas semanas, apenas o tráfego de veículos será habilitado, das 5h às 14h, após esse horário, o setor de entrada será fechado e os compradores deverão deixar o país em até 24 horas. Uma das exigências dos brasileiros é não sair de um perímetro de 30 quilômetros, para o qual foram instaladas três barreiras sanitárias.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas