Portal da Cidade Foz

Região

Protesto de policiais pode fechar a Ponte da Amizade nesta segunda-feira em CDE

Policiais são contra Projeto de Lei que garante poder de polícia ao Exército Paraguaio.

Postado em 15/09/2019 às 23:17 |

(Foto: Vanguardia )

Membros da polícia paraguaia anunciaram neste domingo (15), uma mobilização em todo o país para exigir a demissão do Ministro da Justiça, Juan Ernesto Villamayor, além de outras exigências.

Em Cidade do Leste, os policiais prometem fechar a Ponte Internacional da Amizade a partir das 08 horas desta segunda-feira (16). A manifestação está marcada para iniciar as 07 horas na Praça da Paz, em seguida, os policiais irão até a Ponte.

O presidente da associação, Fermín de León, explicou que a manifestação foi definida após reuniões realizadas em todo o país. Entre as reivindicações estão a demissão do ministro Juan Ernesto Villamayor e a rejeição do projeto que da poder de polícia ao Exército paraguaio.

ʺSabemos que as forças armadas não estão preparadas para o papel da polícia. Eles são para a guerra, para matar, se necessário, e a polícia está lá para garantir a vida e a propriedade das pessoas ”, disse ele.

Ele também criticou os esforços do governo na gestão da polícia. ʺNem sequer são fornecidos coletes às forças policiais. Esse governo intencionalmente precarizou a polícia para desacreditar e militarizar o país ”, acrescentou.

Em Alto Paraná, existem 1.500 policiais, todos foram convocados para a manifestação desta segunda-feira (16). 

Fonte:

Deixe seu comentário