Portal da Cidade Foz

Ciudad del Este

Protocolo sanitário para reabertura da fronteira com o Paraguai já está pronto

A entrada exigirá o uso obrigatório de máscara. O horário de entrada será das 5h às 14h, depois a Ponte da Amizade deverá ser fechada.

Postado em 12/10/2020 às 11:50

(Foto: Alexandre Marchetti / Itaipu Binacional)

A Direção-Geral de Migrações do Paraguai apresentou nesta segunda-feira (12) o protocolo de saúde que será aplicado a partir de quinta-feira (15), dia previsto para a reabertura da Ponte da Amizade. O esquema será para residentes nas cidades de Ciudad del Este (Paraguai) e Foz do Iguaçu (Brasil).

De acordo com o documento divulgado pela Migração, a entrada exigirá o uso obrigatório de máscara. O horário de entrada será das 5h às 14h, depois a Ponte Internacional da Amizade estará totalmente fechada no setor de entrada.

Além disso, serão habilitadas três faixas de entrada exclusivamente para veículos na primeira fase dessa inauguração, que terá duração de 15 dias, e posteriormente será habilitada a entrada de pedestres. Haverá presença de imigração em cada uma das vias para controlar a necessidade de visto consular válido e passaporte para as nacionalidades que o requeiram (no caso de estrangeiro residente no Brasil). Entretanto, os nacionais, estrangeiros residentes e não residentes (turistas, investidores, empresários) que pretendam ultrapassar os limites estabelecidos de 30 km, deverão obrigatoriamente realizar o seu registro de imigração, o correspondente preenchimento do cartão de saúde e a morada onde realizarão a quarentena sanitára obrigatória.

Os estrangeiros que ingressam na modalidade de turista devem apresentar seguro médico internacional (cartão ou documento que o credencia), com cobertura de saúde completa que, além disso, inclui atendimento aos casos Covid-19: teste PCR-RT, estudos laboratoriais, atendimento ambulatório, internação, UTI. Isso se aplica a pessoas que ultrapassam os limites estabelecidos.

Equipes de transporte de frete

A Migração já conta com janelas exclusivas para o controle e registro de migração dos tripulantes de carga. O controle de migração perimetral nas principais entradas do departamento de Alto Paraná será permanente, a fim de verificar o fiel cumprimento deste regime.

Enquanto isso, as empresas devem fornecer instalações para lavagem das mãos e aplicar um filtro sanitário a todos que entram nas instalações e devem colocar sinais para evitar aglomerações, enquanto os trabalhadores de negócios devem trabalhar em equipes.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas