Portal da Cidade Foz

Saúde

Adesão à campanha contra a Febre Amarela é pequena em Foz do Iguaçu

Dia “D” de imunização aconteceu no último sábado, mas procura ficou abaixo do esperado.

Postado em 04/02/2019 às 17:19 |

(Foto: Ilustrativa/Pixabay)

O início da campanha de vacinação contra a febre amarela mobilizou 26 unidades de saúde no último sábado (2) durante o Dia “D” de Imunização.  As unidades permaneceram abertas das 8h às 17h, mas a resposta da comunidade ficou abaixo das expectativas. 

No total, 3.250 doses foram aplicadas, das quais 920 contra a febre amarela.  Quem foi às unidades aproveitou também para imunizar-se contra hepatite B e tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola). A maior procura foi entre o público adulto.

“Esperávamos uma resposta melhor da população a esse primeiro chamado. Mas ainda é possível buscar imunização em qualquer unidade”, comentou a chefe da Vigilância em Saúde, Rose da Rosa.  A vacina continua disponível nas UBSs. 

Cenário

O Ministério da Saúde ampliou na última semana a recomendação para vacina contra febre amarela para estados de todo país. No Paraná, o governo confirmou intensificação da imunização após emissão de nota de alerta positivo para circulação do vírus em macacos na cidade de Antonina. Apenas uma dose da vacina é suficiente para imunização durante toda a vida. Podem ser vacinadas pessoas sem contraindicação, a partir dos 9 meses de idade.

Área Rural

O inquérito vacinal ganha continuidade esta semana na área rural. A imunização de casa em casa começou na última semana pela região do Alto da Boa Vista e Vila Bananal, onde foram imunizadas mais de 22 famílias. 

O raio de ação para vacinação na área rural dividiu a região em quatro áreas: Alto da Boa Vista, Aparecidinha, Lote Grande e Carimã, que devem ser visitadas ao longo do mês pelos agentes epidemiológicos. A orientação é para que os moradores tenham em mãos a documentação vacinal, como carteirinha de vacina e comprovantes. Além da imunização, o rastreamento nas áreas vai permitir um levantamento completo da região. 

Fonte:

Deixe seu comentário