Portal da Cidade Foz

saúde

Mais de 6 mil pessoas já foram vacinadas contra o sarampo em Foz do Iguaçu

Campanha entra na reta final; mobilização encerra nesta sexta-feira (13).

Postado em 11/03/2020 às 14:10 |

(Foto: Divulgação/PMFI)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) entra na reta final da campanha nacional de vacinação contra o sarampo, reforçando a importância da imunização contra a doença. A mobilização encerra nesta sexta-feira (13) e prevê além da proteção contra o sarampo, ampliar a cobertura vacinal de outras patologias entre a população.

“O sarampo e a dengue configuram as principais preocupações no país, com números sem precedentes. Nesta reta final é muito importante sensibilizarmos a população que ainda não se vacinou a procurar as unidades de saúde e se imunizar. Além disso, as campanhas são importantes para a atualização das carteirinhas e proteção contra outras doenças”, comentou o vice-prefeito e secretário de saúde, Nilton Bobato.

Desde o início da campanha, em 10 de fevereiro, até a última sexta-feira (06), 6.338 pessoas se vacinaram contra o sarampo. Deste total, foram 299 doses no grupo de 05 a 19 anos, 1.249 aplicações na faixa etária de 20 a 29 anos e 2.956, entre 30 a 49 anos.

Para a Diretora de Vigilância em Saúde, Carmensita Gaievski Bom, a campanha teve um balanço bastante positivo em Foz do Iguaçu, principalmente entre os jovens (entre 20 a 29 anos), grupo prioritário nas metas da mobilização no estado. “Conseguimos superar a meta entre crianças e também estamos alcançando os outros grupos, principalmente os jovens, que são prioridade em virtude de comporem a faixa etária mais afetada pela doença”, comentou.

As mobilizações têm sido fundamentais para prevenir o contágio da doença na cidade. Até agora, Foz do Iguaçu não tem nenhum caso suspeito ou confirmado. A imunização contra a doença é fundamental. A vacinação é a única forma de se proteger contra um vírus que há vinte anos estava erradicado no país e hoje representa um desafio para saúde pública. O último boletim epidemiológico no Paraná registrou 3183 casos notificados e 891 confirmados. Foz do Iguaçu não registrou nenhum caso da doença.

Vacinação

A vacina contra o sarampo é gratuita e faz parte do Calendário Nacional de Vacinação. A Secretaria da Saúde orienta para que a população fique atenta às datas da carteira de vacinação e aos registros de doses.

A dose zero deve ser aplicada em crianças entre seis e onze meses. A primeira dose deve ser aos 12 meses de vida com a vacina tríplice viral (que previne sarampo, caxumba e rubéola), e a segunda dose aos 15 meses de vida com a vacina tetra viral (que previne sarampo, rubéola, caxumba e varicela/catapora). 

A população com até 29 anos deve receber duas doses da vacina. E para as pessoas que estão no grupo com idade entre 30 e 49 anos basta ter o registro de uma dose. Mulheres que estão amamentando podem ser vacinadas. E aquelas que desejam engravidar, devem aguardar no mínimo 30 dias após receber a dose da vacina. Todos os profissionais da área da saúde devem ser vacinados com as duas doses da tríplice viral em qualquer faixa etária.

Não tem indicação para tomar a vacina pessoas com a imunidade baixa, mulheres grávidas e menores de seis meses de idade e pacientes que tomam medicações imunossupressoras.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas