Portal da Cidade Foz

Grande Demanda

UPA do Morumbi faz mais de 4 mil atendimentos a pacientes com suspeita de covid

No primeiro mês, a unidade fez a solicitação de 1.783 exames do tipo RT-PCR.

Postado em 30/03/2021 às 09:06

(Foto: Divulgação )

(Foto: Divulgação )

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) 24 horas Dr. Walter Cavalcanti Barbosa, localizada na região do Morumbi, em Foz do Iguaçu, completou na última sexta-feira (26) um mês de atendimento a pacientes com sintomas de síndromes gripais suspeitos de covid-19.

Nestes 30 dias, foram mais de 4 mil atendimentos em uma unidade que foi reestruturada, em caráter emergencial, após o grande aumento da demanda de pessoas que procuravam o Hospital Municipal Padre Germano Lauck para coleta de exames e atendimentos relativos ao coronavírus.

A UPA garante assistência ordenada de acordo com a gravidade do caso e conta com: cinco leitos de Suporte Avançado de Vida (SAV) fixos, 11 ventiladores mecânicos, oito leitos de internamentos Covid positivo, três leitos de isolamentos para pacientes suspeitos Covid, 22 leitos de observação Covid-positivo, três leitos para suspeitos Covid ,10 poltronas para suspeitos Covid e equipamento de exame de gasometria à beira do leito.

De acordo com o coordenador da UPA, Adriano Pavan, a “unidade vem mantendo a mesma qualidade de atendimento que vinha sendo empregada no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, dispondo de insumos, medicamentos, além de uma equipe multiprofissional qualificada”.

Ele ressaltou a capacidade rápida de adaptação dos profissionais diante da necessidade. “A equipe prontamente entendeu a situação pela qual estávamos passando, e hoje está adaptada a todo processo, oferecendo tratamento digno e respeitoso ao paciente acometido pela doença”.

A equipe de apoio da UPA Dr. Walter Cavalcanti Barbosa é composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeuta, farmacêutico, técnico em enfermagem e técnico de raios-x. A unidade, nestes 30 dias, fez a solicitação de 1.783 exames RT-PCR.

“Esta adaptação que tivemos que fazer, emergencialmente, na UPA do Morumbi foi necessária para garantir o desafogamento do hospital municipal e, ao mesmo tempo, não deixar um só paciente da cidade sem atendimento. Agradeço a todos os profissionais que se engajaram e nos auxiliaram no cumprimento desta tarefa”, destacou o prefeito Chico Brasileiro.

Oxigênio

No dia 20 de março, a UPA recebeu um novo tanque de oxigênio medicinal para o atendimento aos pacientes mais graves. A estrutura de oxigênio que, até então, era composta por duas baterias com seis cilindros de oxigênio, com capacidade de 20 m³ cada, conta agora com um tanque com capacidade de 12 mil litros, dando segurança à unidade e garantindo a assistência a todos os pacientes que necessitarem de oxigênio.

“Com esse esforço coordenado, apesar de todas as dificuldades enfrentadas no pior cenário da pandemia, a transferência da triagem e acolhimento para a Unidade de Pronto Atendimento foi uma decisão acertada, que promoveu um atendimento mais eficaz e com maior celeridade, de forma integrada com o Hospital Municipal Padre Germano Lauck”, pontuou o diretor do hospital municipal, Sérgio Fabriz.

Fonte:

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">

Mais Lidas