Portal da Cidade Foz

turismo

Empresários debatem propostas para turismo em pré-conferência nesta terça-feira

Encontro é dirigido a empreendedores do comércio, serviços, turismo e indústria, bem como a profissionais liberais.

Postado em 12/08/2019 às 10:44 |

(Foto: Divulgação / Arquivo)

O setor empresarial reúne-se para debater e elaborar propostas para o futuro do turismo iguaçuense em pré-conferência nesta terça-feira, 13, às 18h30, na Fundação Cultural. O encontro faz parte da programação da 3ª Conferência Municipal de Turismo.

A pré-conferência setorial é dirigida a empresários de todos os segmentos econômicos – comércio, serviços, turismo, indústria, entre outros – e a profissionais liberais e empreendedores. Para participar, basta inscrever-se no site www.pmfi.pr.org.br.

Serão debatidos cinco eixos temáticos e eleitos delegados com direito a voz e a voto na Conferência de Turismo. O objetivo é reunir propostas, soluções, projetos, metas e prioridades que irão balizar o Plano Municipal de Turismo para o período 2020-2030.

Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI), Faisal Ismail reforça a importância da participação dos empresários iguaçuenses no evento. Ele ressalta a ligação direta da atividade turística com o desenvolvimento econômico da cidade.

"Nosso comércio, serviços e indústria contam com o turismo para crescer. São setores econômicos interligados", frisou Faisal. "Convidamos todos os empresários para que participem desse momento de decisão e ajudem a planejar o desenvolvimento de Foz para os próximos dez anos", complementou.

Primeira pré-conferência recebeu 63 propostas

Nesse sábado, 10, estudantes, professores e representantes de instituições de ensino participaram da pré-conferência do setor de educação. Foi o primeiro de uma série de cinco encontros preparatórios. Foram indicadas 63 propostas para a expansão do segmento turístico.

A pré-conferência reuniu a comunidade acadêmica, docentes e alunos de cursos técnicos. As proposições abrangem investimento em inovação e tecnologia, mobilidade urbana, acessibilidade, adequação de áreas de uso público, construção de equipamentos, campanhas educativas para a comunidade, integração entre moradores e turistas, infraestrutura, segurança pública e outras.

Secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla enfatizou que as pré-conferências são oportunidades para uma ampla reflexão sobre o turismo iguaçuense. O objetivo, disse, é elaborar um plano arrojado, com ações e projetos para serem executados de hoje até 2030.

"É o momento para discutirmos amplamente o turismo de nossa cidade, em seus aspectos econômicos, ambientais, culturais, sociais e urbanísticos", refletiu Piolla. "Esse debate democrático nos revela desafios e soluções para seguirmos crescendo, de forma sustentável, e gerando novas oportunidades para todos."

Cidade e turismo

A professora da Unioeste/Foz Aline Henz foi uma das mediadoras dos debates da pré-conferência voltada para a comunidade acadêmica e instituições de ensino. Ela reforçou que a participação da comunidade é essencial para contribuir com o debate e o planejamento.

“É um processo para discutir a cidade, não só o turismo. Uma cidade somente conseguirá atender bem ao turista se oferecer qualidade de vida ao morador”, enfatizou Aline. “É importante a participação de todos os interessados em construir uma cidade para o turismo de maneira democrática”, ponderou.

Estudante do curso técnico de Guia de Turismo no Colégio Agrícola, Regiane Cavalieri disse que a pré-conferência possibilitou aprendizados. “Participei porque quero agregar experiência para o futuro, e o debate foi muito produtivo. O turismo é fundamental para Foz do Iguaçu e toda a população”, disse.   

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas