Portal da Cidade Foz

turismo

Itaipu, margem esquerda, suspende três atrativos turísticos; veja quais

A medida preventiva é em decorrência da propagação do coronavírus e vale inicialmente por 15 dias.

Postado em 17/03/2020 às 10:58 |

(Foto: SkyTakes/Árvore Filmes)

A medida atende a diretrizes internas e em consonância aos protocolos adotados pela OMS, Ministério da Saúde do Brasil e dos governos municipal, estadual e federal. A panorâmica prossegue, mas com restrições.

A partir desta quarta-feira (18), os passeios de três atrativos turísticos de Itaipu, margem esquerda, estarão cancelados temporariamente. A medida preventiva é em decorrência da propagação do coronavírus, pandemia mundial, e vale inicialmente por 15 dias.

São eles: a visita técnica, que representa atualmente 12% do total da visitação; a Itaipu Iluminada, apresentada ao público às sextas-feiras e sábados e esporadicamente; além do Ecomuseu, localizado fora da usina. A panorâmica, a mais procurada, será mantida, mas de forma contingenciada, com grupos de, no máximo, 30 pessoas. Antes eram feitos com até 70 visitantes. Os ônibus só circularão com ocupação do andar superior.

A medida atende a diretrizes internas e em consonância aos protocolos adotados pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde do Brasil e dos governos municipal, estadual e federal.

Desde o dia 10 de março, a Itaipu está adotando uma série de medidas preventivas, sempre acompanhando atentamente os cenários nacional e internacional da doença. Nenhum caso do Covid-19 foi confirmado em Foz do Iguaçu. No domingo, o prefeito Chico Brasileiro proibiu eventos com grandes aglomerações. Com isso, o filme institucional exibido no Centro de Recepção ao Visitante(CRV), na entrada da barreira, foi cancelado.

Mesmo sem propagação do coronavírus, a Itaipu vai recorrer a um fundo emergencial para poder preparar o município e cidades vizinhas (da 9ª regional) ao enfrentamento de um possível surto da doença. A gestão desse recurso, na ordem de US$ 3 milhões, será feita pela Fundação Itaiguapy, que administra o Hospital Ministro Costa Cavalcanti. O HMCC terá uma central para tirar todas as dúvidas sobre como esse convênio vai funcionar.

Algumas viagens para o destino estão sendo canceladas de forma espontânea. Eventos também estão sendo reagendados para próximas datas. Desde a confirmação da propagação do coronavírus, com casos importados da doença.

Segundo o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, “a Itaipu, margem esquerda, vai continuar seguindo rigorosamente os protocolos da OMS e do Ministério da Saúde”. Ele reforça mais uma vez o alinhamento com os governos federal, estadual e municipal “para que todas as decisões sejam tomadas, sem criar alarde”.

Dúvidas sobre visitas turísticas podem ser esclarecidas pelo telefone (45) 3529-2060.

Fonte:

Deixe seu comentário