Portal da Cidade Foz

Turismo

Parque das Aves recebe quase 1 milhão de visitantes e bate novo recorde

O atrativo recebeu 936.673 visitantes, superando o ano de 2018, quando 830 mil pessoas passaram pelo parque.

Postado em 31/12/2019 às 18:32 |

(Foto: Divulgação )

Em 2019 o Parque das Aves chegou à impressionante marca de 936.673 visitantes, superando o ano de 2018. O crescimento representa um aumento de mais de 12,8%. 

Esse é o terceiro ano consecutivo que o Parque tem recorde de visitação. Em novembro de 2019 o atrativo já havia superado o próprio recorde de 830 mil visitantes com mais de um mês de antecedência para o fim do ano. Para Jurema Fernandes, diretora administrativa do Parque das Aves, o recorde de visitação anual representa um marco importante para o desenvolvimento do turismo no Brasil.

“Em um ano tão complicado na questão ambiental, o recorde histórico de visitação representa a resposta direta do visitante ao nosso atrativo, que tem como missão o cuidado de espécies de aves da Mata Atlântica”.

Jurema lembra que o crescimento, apesar de significativo, vem acontecendo de maneira sustentável. Desde 1994, quando o Parque foi aberto para visitação, mais de 9,3 milhões de turistas já passaram pelo atrativo.

Uma marca histórica

O ano de 2019 foi marcado por profundas mudanças no Parque das Aves, começando pela repaginação da trilha, completamente focada em aves da Mata Atlântica. Outra principal conquista foi a consolidação do Parque das Aves como Centro de Conservação Integrada de Espécies da Mata Atlântica.

Segundo Jurema, desde então todos os esforços são para a conservação e preservação, principalmente das 120 espécies e subespécies de aves ameaçadas de extinção da Mata Atlântica, algumas delas muito próximas de desaparecer.

“O propósito do Parque das Aves é atuar firme no ecoturismo, cumprindo sua função socioambiental, apoiando-se no tripé da conservação do meio ambiente, conscientização ambiental dos visitantes e o envolvimento da comunidade local”.

Expectativas para 2020

A meta do Parque das Aves agora é chegar à marca de 1 milhão de visitantes em 2020. Com uma possível melhora da economia, além da ampliação da infraestrutura da cidade para recebimento de turistas, o atrativo tem todas as condições de atingir esse novo recorde.

A expectativa é que o número de turistas estrangeiros também cresça em 2020, especialmente com a isenção dos vistos para Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão, além da melhoria da conectividade com os países andinos, com voos de conexão direta com Foz do Iguaçu.

Outro ponto que deve impulsionar o fluxo turístico no Parque são os feriados de 2020, pois o ano terá quase o dobro de feriadões de 2019. Ao todo serão nove datas comemorativas, entre feriados e pontos facultativos, próximos de finais de semana, mais os feriados estaduais e municipais, além da alta temporada das férias do meio e do final do ano.

Entretanto, o mais aguardado para 2020 será o novo complexo de dois viveiros de imersão que está sendo construído no Parque. O local vai se chamar Cecropia e vai abrigar periquitos e tucanos resgatados de tráfico e maus-tratos.

“Entendemos que a utilização racional da Mata Atlântica com o objetivo de promover a conscientização ambiental dos visitantes proporciona o desenvolvimento social por meio do contato direto com a natureza. O que sustenta essa premissa é que o Parque das Aves ano a ano vem superando suas expectativas de fluxo turístico”, avalia Jurema.


Fonte:

Deixe seu comentário