Portal da Cidade Foz

Educação

UDC recebe reconhecimento como uma das melhores conveniadas da FGV

Sendo referência no ensino de qualidade, a UDC agrega valor com a parceria.

Postado em 16/12/2018 às 23:31 |

(Foto: Divulgação/UDC)

A UDC foi escolhida como uma das conveniadas com melhor avaliação seguindo os critérios de Qualidade da Fundação Getulio Vargas – FGV em 2018. Os cursos FGV/UDC Monjolo e FGV/UDC Medianeira fazem parte do Programa de Certificação da FGV e são uma exclusividade da UDC. 

O Programa funciona distribuindo o conhecimento que a FGV possui, suas metodologias e práticas e tem o papel de levar o que há no eixo Rio/São Paulo para todo o país, dando exclusividade apenas a uma conveniada em cada região onde faz parcerias. “Buscamos atender aos critérios da FGV somados sempre  a qualidade do Grupo UDC. É gratificante receber em resposta, o reconhecimento pelo nosso trabalho. Esse é o perfil da UDC, oferecer sempre o melhor aos nossos alunos”. Declara o Diretor da UDC Monjolo Professor Doutor Fábio Prado.  

A UDC é conveniada da FGV em diversos cursos, entre eles Administração e os cursos de MBA em Gestão: Empresarial; Agronegócios; Finanças, Controladoria e Auditoria; Incorporação e Construção Imobiliária; Pessoas e Liderança; Projetos; MBA Executivo em Administração de Negócios do Setor Elétrico e MBA em Agronegócios, atendendo toda a região oeste do Paraná e no próximo ano passará a operar também no Paraguai. 

Sendo referência no ensino de qualidade, a UDC agrega valor com essa parceria. Com uma matriz curricular moderna, oferece aos profissionais, empresários, professores e executivos, cursos com certificação de qualidade pela FGV na UDC Monjolo e UDC Medianeira que aumentam inclusive as possibilidades de networking. 

Quem conclui os cursos na FGV/UDC Monjolo e Medianeira, em Brasília ou em São Paulo terá a mesma formação. São as mesmas provas, disciplinas, conteúdos, materiais didáticos, criados pela FGV e aplicados em algumas escolas selecionadas no Brasil.

Profissionais de alto nível vêm a Foz e Medianeira ministrar as aulas, que acontecem na UDC Monjolo e UDC Medianeira sem que os alunos tenham que deixar a cidade. “O corpo docente dos cursos é constituído por Doutores, PhD.s e Mestres. A essa qualificação teórica soma-se a habilitação prática proporcionada pelo desempenho de atividades profissionais em empresas nacionais e multinacionais”, comenta Prado. 

O que dizem líderes e gestores

A Superintendente de Comunicação Social da Itaipu Binacional, jornalista Patrícia Iunovich é aluna do MBA em Gestão de Negócios do Setor Elétrico da UDC Monjolo/ FGV e fala da experiência. “O MBA me permitiu conhecer desde questões menores até os maiores do setor elétrico brasileiro, que possui uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo. Estamos entrando numa nova fase do setor com a   privatização anunciada pelo governo atual e eleito. Todas as informações repassadas no MBA nos prepararam para esse e outros cenários. Sem contar que a Itaipu, é um caso à parte. Em 2023 estará totalmente quitada. Muitas mudanças devem ocorrer na binacional nos próximos anos e precisamos estar atentos para acompanhar essas transformações”.

O Diretor Presidente da Lar Cooperativa Agroindustrial, senhor Irineo da Costa Rodrigues também falou sobre a UDC/FGV Monjolo. “A parceira Lar UDC/FGV está sendo muito importante para a formação de nossos profissionais. A Cooperativa está em um ritmo de crescimento acelerado e precisa de profissionais bem preparados para os desafios, conectados com as boas práticas de gestão e inovação. Acreditamos que equipes capacitadas serão o diferencial da Lar em um mercado nacional e internacional cada vez mais competitivo. Neste cenário o MBA colabora para que tenhamos uma gestão de alto nível em todos os elos da cadeia produtiva.

Diferencial FGV/UDC

A instituição de ensino vigora entre as melhores da América Latina há muitos anos. O Global Go To Think Tank Index é o resultado de uma pesquisa internacional com mais de 1.950 acadêmicos, doadores públicos e privados, formuladores de políticas e jornalistas que ajudaram a classificar mais de 6.500 think tanks usando um conjunto de 18 critérios desenvolvidos pelo TTCSP. A Fundação Getulio Vargas está pelo nono ano seguido entre os melhores think tanks do mundo. Na última edição, a FGV ficou na 7ª posição, figurando entre os 10 melhores think tanks do mundo pelo segundo ano consecutivo, além de ter sido considerada a melhor da América Latina em 12 categorias.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas