Portal da Cidade Foz

natação

Foz homenageia nadadores na edição 61ª dos Jogos Abertos do Paraná

Atletas masters aumentam o número de medalhas pela competição.

Postado em 23/09/2018 às 23:51 |

(Foto: Riana Carvalho / SEET )

Durante todo o dia deste domingo (23) aconteceu à última etapa de competições da natação na edição 61ª dos Jogos Abertos do Paraná, divisão A, em Londrina.  Pelas águas da piscina do espaço Londrina Country Club, os nadadores realizaram as provas da modalidade e foram plateia para uma singela homenagem da delegação de Foz do Iguaçu a dois de seus atletas.

Isso porque Suzani Silva Paz e Omar Pinheiro estão completando 18 e 20 anos, respectivamente, de participação nos JAPS.

Os atletas que vieram para mais um ano de competição contaram novamente com o apoio de Mirley Corrado, auxiliar técnica de Foz do Iguaçu. Acompanhando os nadadores desde a fase mirim, com nove anos, Mirley e a delegação do município fizeram uma homenagem ressaltando a história dos atletas nos JAPS e a dedicação que os mesmos têm com a natação. “Nós vemos os esforços deles para a natação. Acho que isso é emoção e por isso essa valorização hoje, essa homenagem de Foz para eles”. E para finalizar, os atletas foram premiados com uma salva de palmas.

Na categoria feminina, Suzani competiu as provas de 800 metros livre e 100 metros borboleta, conquistando medalha de ouro nas provas, além do terceiro lugar no revezamento 4x100 metros medley. Para a campeã mundial e ouro no Pan-americano masters nos 100 e 200 metros borboleta, representar o município é um dos motivos para participar dos JAPS. “Quando eu comecei eu tinha 15 anos, eu era praticamente uma criança. Mas sempre representando bem Foz do Iguaçu e trazendo medalhas para casa.” Relembrando os 18 anos de participação na competição, a nadadora traz muita experiência na bagagem. “A gente evolui bastante com a maturidade e as experiências. Hoje nos Jogos Abertos eu estou nadando com pessoas até 10 anos mais novas do que eu, então trago sempre a experiência”, finaliza a campeã.

O quadro de medalhas cresceu também para Omar, que em seus 20 anos de participação nos JAPS, conquistou uma das medalhas que faltava em seu histórico. “Eu já conquistei medalhas nas provas de 50, 100, 200, 400 metros e faltava dos 800 e 1500 metros, e aqui eu conquistei medalha de bronze nos 1500”. Competindo desde os 13 anos, o nadador reflete o esporte como um ponto positivo em sua vida. “Eu sou um profissional da Educação Física e o que eu sou devo muito ao esporte, aprendi a lutar para conseguir as coisas”, completa.

A delegação de Foz do Iguaçu conquistou o troféu de terceiro lugar geral na categoria masculino e ficou em quarto lugar na colocação geral na categoria feminino.

Fonte:

Deixe seu comentário