Portal da Cidade Foz

Foz do Iguaçu

Sanepar e Núcleo de Educação fazem parceria para coleta de óleo de cozinha

Parceria começa nas escolas de Foz e será estendida aos 66 colégios estaduais de abrangência do Núcleo.

Postado em 08/11/2018 às 14:40 |

Gerente da Sanepar e chefe do Núcleo Ivone Müller assinam parceria para projeto (Foto: Divulgação)

A Sanepar em Foz do Iguaçu firmou parceria como Núcleo Regional de Educação (NRE) para implantar o programa “Se ligue nesta ideia: sem óleo na rede!”, que prevê a coleta do  óleo de cozinha usado para a destinação correta. Alunos, professores, servidores e comunidade poderão levar o óleo usado aos colégios estaduais e na sede do Núcleo, onde haverá bombonas para receber o material. 

Nos outros municípios de abrangência do Nucleo Regional de Educação, o programa será implantado em meados de 2019. “O projeto começa por Foz e depois se estende às demais cidades da região”, informou a chefe do Núcleo de Educação de Foz do Iguaçu, Ivone Müller. 

A Sanepar irá promover palestras nos colégios onde as bombonas estiverem disponíveis para explicar os danos que o lançamento incorreto do óleo faz ao meio ambiente e ao processo de tratamento de esgoto. Todo óleo coletado pela Sanepar será destinado às cooperativas de catadores em cada uma das cidades onde o projeto for implantado. 

O programa “Se ligue nesta ideia: sem óleo na rede!” foi criado na Sanepar em 2014, com a finalidade trabalhar a destinação correta do óleo entre os empregados da Companhia e seus familiares e evitar que o produto seja despejado na rede coletora de esgoto. “O despejo irregular no meio ambiente causa e, na rede de esgoto, pode obstruir a tubulação e até causar extravasamento”, disse o gerente da Sanepar Nilton Perez. 

Em 2016, a iniciativa foi ampliada para atender a comunidade. Instituições interessadas em participar do projeto também podem ter um ponto de coleta de óleo nas suas dependências. A Sanepar doa as bombonas, cede material de divulgação e auxilia com atividades socioeducativas, como palestras e oficinas.

 

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas