Portal da Cidade Foz

Abertura Próxima

Governo do Paraguai aprova protocolo para abertura gradual da Ponte da Amizade

A abertura gradual será exclusivamente para o turismo de compras e será necessário que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, também aprove o acordo.

Postado em 21/09/2020 às 16:32

(Foto: Reprodução Câmera Portal da Cidade)

O Presidente da República do Paraguai, Mario Abdo Benítez, aprovou o protocolo de abertura da Ponte da Amizade para o turismo de compras, com o objetivo de reativar a economia do Alto Paraná, departamento cuja a capital é Ciudad del Este, na fronteira com Foz do Iguaçu. Caberá aos dirigentes de ambos os países definir a data de entrada em vigor do referido protocolo.

Autoridades do Poder Executivo anunciaram nesta segunda-feira (21) que o presidente aprovou o protocolo de abertura gradual da Ponte da Amizade para fins comerciais. A abertura do mesmo acontecerá quando os dois presidentes - Jair Bolsonaro pelo Brasil e Abdo Benítez pelo Paraguai - conversarem e definirem uma data para os efeitos.

A este respeito, o chanceler nacional, Antonio Rivas, indicou que assim que os dois presidentes se comunicarem e chegarem a um acordo, será anunciada a data de reabertura da ponte. Ele anunciou que já está trabalhando no agendamento de uma reunião entre as duas autoridades para definir a data de abertura o mais rápido possível.

Por sua vez, Ángeles Arriola, diretor da Direção-Geral de Migração, comentou que nesta terça-feira (22), eles irão a Ciudad del Este para socializar os termos estabelecidos no protocolo para a abertura gradual das fronteiras.

O ministro da Saúde, Julio Mazzoleni, referiu que o principal objetivo deste protocolo é restaurar o turismo de compras e a reativação econômica da região. Ele destacou que se realiza um trabalho interinstitucional com as Migrações e outros órgãos do Estado, entre eles o Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Salientou que se pretende uma reativação comercial, mas para tal será necessária a aplicação estrita do protocolo a cada negócio da área.

Um protocolo semelhante será implementado em outras áreas de fronteira e serão feitos trabalhos com as autoridades de cada localidade para estabelecer as condições, de acordo com o Diretor de Migração.

Parte do que está estabelecido no protocolo é que os turistas terão acesso à rua do Governo do Alto Paraná. “Seria para contornar e cercar tudo isso”, disse ele. Ele comentou que até lá o acesso a todos os compradores será permitido. Além disso, serão estabelecidos controles nas saídas de Hernandarias e Presidente Franco, para reforço da “cerca” comercial.

Na reunião de terça com o prefeito de Ciudad del Este, o governador, as autoridades sanitárias da região, além de membros das câmaras de comércio, serão anunciados mais detalhes do protocolo, conforme anunciado.

Na semana passada, o diretor de Migração deu detalhes do protocolo para a abertura gradual e parcial da fronteira com o Brasil, por meio da Ponte da Amizade. Segundo ele, haverá um cronograma provisório de compras: as pessoas poderão entrar das 5h às 10h e terão até as 18h para sair.

Além disso, será controlado que os compradores não circulem de cidade em cidade e que se pernoitam, as Migrações devem saber onde essas pessoas estão especificamente localizadas.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas